Atividade: Resultante das Forças Coplanares

Nesta atividade, nós vamos praticar a resolver problemas envolvendo a resultante de forças coplanares que se encontram em um ponto analiticamente.

Q1:

O diagrama mostra três forças complanares que atuam num ponto . As suas intensidades são 2 N, 2 N e 8 N nos sentidos , e , respetivamente. Sabendo que e , qual é a intensidade da força resultante? Apresente a resposta arredondada às unidades, em newtons.

Q2:

As forças 𝐹 = 2 𝚤 + 2 𝚥 , 𝐹 = 𝑎 𝚤 + 9 𝚥 e 𝐹 = 9 𝚤 + 𝑏 𝚥 atuam numa partícula, em que 𝚤 e 𝚥 são dois vetores unitários perpendiculares. Dada a resultante das forças 𝑅 = 2 𝚤 6 𝚥 , determine os valores de 𝑎 e 𝑏 .

  • A 𝑎 = 5 , 𝑏 = 1 3
  • B 𝑎 = 9 , 𝑏 = 1
  • C 𝑎 = 1 3 , 𝑏 = 5
  • D 𝑎 = 9 , 𝑏 = 1 7

Q3:

Três forças, 𝐹 = 5 𝚤 + 1 0 𝚥 1 N , 𝐹 = 𝑎 𝑖 5 𝚥 2 N e 𝐹 = 4 𝚤 + 𝑏 𝑗 3 N atuam num ponto. A sua resultante é 6 2 N noroeste. Determine os valores de 𝑎 e 𝑏 .

  • A 𝑎 = 7 , 𝑏 = 2 1
  • B 𝑎 = 1 , 𝑏 = 3
  • C 𝑎 = 2 1 , 𝑏 = 7
  • D 𝑎 = 3 , 𝑏 = 1

Q4:

Três forças, ( 5 𝚤 + 1 0 𝚥 ) N, ( 𝑎 𝚤 5 𝚥 ) N e ( 1 5 𝚤 + ( 𝑏 + 7 ) 𝚥 ) N atuam numa partícula. Dado a resultante das forças é ( 1 8 𝚤 + 1 9 𝚥 ) N, quais são os valores de 𝑎 e 𝑏 ?

  • A 𝑎 = 2 8 , 𝑏 = 7
  • B 𝑎 = 2 , 𝑏 = 2 1
  • C 𝑎 = 2 , 𝑏 = 1 4
  • D 𝑎 = 2 , 𝑏 = 7
  • E 𝑎 = 8 , 𝑏 = 2 1

Q5:

Determine a magnitude da resultante das forças mostradas na figura que são medidas em newtons.

  • A 5 5 2 2 N
  • B 3 7 2 2 N
  • C 9 2 N
  • D 1 3 1 3 N

Q6:

Um corpo tem forças de 10 newtons a atuar nele horizontalmente, de 25 newtons a atuar nele verticalmente para cima e 5 newtons a atuar nele num ângulo de 4 5 da horizontal como se mostra na figura. Qual é a intensidade da força resultante que atua no corpo e que ângulo faz com a horizontal? Apresente a resposta com uma casa decimal.

  • A 22,4 newtons, 7 3 , 2
  • B 31,6 newtons, 2 5 , 4
  • C 22,4 newtons, 1 6 , 8
  • D 31,6 newtons, 6 4 , 6
  • E 31,6 newtons, 2 4 4 , 6

Q7:

Quatro forças atuam numa partícula como se mostra no diagrama. Determine 𝑅 , a intensidade da sua resultante, e determine 𝜃 , o ângulo entre a sua resultante e o eixo O 𝑥 . Apresente a sua resposta arredondado aos minutos, se necessário.

  • A 𝑅 = 3 N , 𝜃 = 0
  • B 𝑅 = 6 7 N , 𝜃 = 1 6 7 4 7
  • C 𝑅 = 2 7 N , 𝜃 = 1 6 0 5 4
  • D 𝑅 = 3 N , 𝜃 = 9 0

Q8:

O diagrama mostra um sistema de três forças medidas em newtons. Dado que 𝐴 𝐵 = 2 4 c m e 𝐴 𝐷 = 1 8 c m , determine 𝑅 , a magnitude da sua resultante, e encontre 𝜃 , o ângulo entre a resultante e o eixo 𝑥 positivo. Dê a resposta para o minuto mais próximo.

  • A 𝑅 = 2 9 3 7 N , 𝜃 = 3 4 5 1 4
  • B 𝑅 = 2 1 9 3 N , 𝜃 = 2 0 2 5 2
  • C 𝑅 = 2 6 0 1 N , 𝜃 = 1 1 5 6
  • D 𝑅 = 2 6 N , 𝜃 = 2 1 6 5 2
  • E 𝑅 = 7 4 N , 𝜃 = 3 6 5 2

Q9:

O diagrama mostra um quadrado, 𝐴 𝐵 𝐶 𝐷 , de lado 8 cm. O ponto 𝐸 está em 𝐵 𝐶 em que 𝐵 𝐸 = 6 c m . As forças de intensidade 8 N, 20 N, 1 6 2 N, e 12 N atuam em 𝐴 como indicado no diagrama. Determine a intensidade da resultante destas forças.

  • A 4 1 0 N
  • B 16 N
  • C 4 0 2 N
  • D 8 2 N
  • E 32 N

Q10:

𝐴 𝐵 𝐶 é um triângulo equilátero, em que 𝑀 é o ponto de interseção das medianas. Três forças de intensidades 48, 26 e 42 newtons atuam em 𝑀 nas direções de 𝑀 𝐴 , 𝑀 𝐵 e 𝑀 𝐶 . Determine a intensidade da resultante das forças 𝑅 e o seu ângulo de inclinação 𝜃 em relação ao semieixo positivo O 𝑥 , arredondado aos minutos.

  • A 𝑅 = 2 9 1 N , 𝜃 = 2 9 4 4 7
  • B 𝑅 = 2 9 7 N , 𝜃 = 4 4 4 2
  • C 𝑅 = 1 6 7 N , 𝜃 = 7 0 5 4
  • D 𝑅 = 2 9 7 N , 𝜃 = 4 5 1 8

Q11:

O diagrama mostra um hexágono regular, 𝐴 𝐵 𝐶 𝐷 𝐸 𝐹 , cujas diagonais se intersetam no ponto 𝑀 . As 6 forças apresentadas atuar em 𝑀 são medidas em newtons. Determine 𝑅 a intensidade da sua resultante e 𝜃 , o ângulo entre a sua resultante e o semieixo positivo O 𝑥 . Arredonde o valor de 𝜃 aos minutos, se necessário.

  • A 𝑅 = 1 8 N , 𝜃 = 2 4 0
  • B 𝑅 = 2 6 7 N , 𝜃 = 1 7 4 7
  • C 𝑅 = 1 8 N , 𝜃 = 2 1 0
  • D 𝑅 = 2 6 7 N , 𝜃 = 7 2 1 3

Q12:

O diagrama mostra um hexágono regular, 𝐴 𝐵 𝐶 𝐷 𝐸 𝑂 . Forças de intensidades 59, 7 8 3 , 𝐹 , 7 8 3 e 𝐾 atuam nos sentidos apresentados no diagrama. Dado a resultante das forças atuar ao longo de 𝑂 𝐶 , e a sua intensidade ser 298 N, determine 𝐹 e 𝐾 .

  • A 𝐹 = 5 3 N , 𝐾 = 5 9 N
  • B 𝐹 = 5 N , 𝐾 = 5 9 3 N
  • C 𝐹 = 5 3 N , 𝐾 = 5 9 3 N
  • D 𝐹 = 5 N , 𝐾 = 5 9 N

Q13:

Forças de intensidades 𝐹 , 16, 𝐾 , 18, 9 3 newtons atuam num ponto nos sentidos representados no diagrama. A resultante das forças, 𝑅 , tem uma intensidade de 20 N. Determine os valores de 𝐹 e 𝐾 .

  • A 𝐹 = 5 4 , 𝐾 = 9 3
  • B 𝐹 = 3 6 , 𝐾 = 2 7 3
  • C 𝐹 = 1 2 , 𝐾 = 1 9 3
  • D 𝐹 = 2 0 , 𝐾 = 1 1 3

Q14:

Sabendo que as forças 𝐹 , 2 6 2 , 4 4 2 e 65 newtons atuam como se mostra na figura, a intensidade da resultante do sistema de forças ser 2 5 2 N, e a força resultante fazer um ângulo de 𝜃 com a força 𝐹 , determine a intensidade de 𝐹 , e também o ângulo 𝜃 , arredondado ao minuto.

  • A 𝐹 = 1 7 N , 𝜃 = 1 0 1 1 9
  • B 𝐹 = 5 3 N , 𝜃 = 8 1 5 2
  • C 𝐹 = 1 7 N , 𝜃 = 1 6 8 4 1
  • D 𝐹 = 5 3 N , 𝜃 = 8 8

Q15:

Forças complanares de intensidades 𝐹 N, 8 3 N, 3 N e 9 3 N atuam numa partícula como se mostra no diagrama. Sabendo que a intensidade da sua resultante é 9 3 N, determine o valor de 𝐹 .

  • A300
  • B 3
  • C 9 3
  • D 1 0 3

Q16:

𝐴 𝐵 𝐶 é um triângulo com um ângulo reto em 𝐵 , onde 𝐴 𝐵 = 3 2 c m , 𝐵 𝐶 = 2 4 c m , 𝐷 𝐴 𝐶 , e 𝐵 𝐷 = 𝐷 𝐶 . Quatro forças com magnitudes de 2, 3, 19 e 14 newtons estão agindo no ponto 𝐵 nas direções 𝐴 𝐵 , 𝐵 𝐶 , 𝐶 𝐴 e 𝐵 𝐷 respectivamente. Encontre a resultante dessas forças se estiver atuando em 𝐵 𝐷 .

Q17:

𝐴 𝐵 𝐶 𝐷 é um retângulo em que 𝐴 𝐵 = 5 c m , 𝐵 𝐶 = 1 2 c m e 𝐸 𝐵 𝐶 em que 𝐵 𝐸 = 5 c m . As forças de intensidade 4, 13, 4 2 e 12 newtons estão a atuar nos sentidos 𝐴 𝐷 , 𝐴 𝐶 , 𝐴 𝐸 e 𝐴 𝐵 , respetivamente. Determine a intensidade da resultante das forças.

Q18:

𝐴 𝐵 𝐶 𝐷 é um quadrado cuja medida do lado é 5 cm, em que 𝐸 é o ponto médio de 𝐵 𝐶 e 𝐹 é o ponto médio de 𝐷 𝐶 . Cinco forças de intensidades 19 N, 4 5 N, 2 0 2 N, 1 1 5 N e 18 N atuam no ponto 𝐴 nos sentidos de 𝐴 𝐵 , 𝐴 𝐸 , 𝐶 𝐴 , 𝐴 𝐹 e 𝐴 𝐷 , respetivamente. Determine a intensidade da resultante destas forças.

Q19:

Três forças complanares, cada uma de intensidade de 12 N atuam num ponto. O ângulo entre a primeira e a segunda forças é igual ao ângulo entre a segunda e a terceira forças. Sabendo que a amplitude deste ângulo é 3 4 , determine a intensidade da resultante das três forças. Apresente a resposta às unidades do newton.

Q20:

Quatro forças complanares atuam numa partícula. A primeira força tem uma intensidade de 20 newtons. A segunda força atua a 32 graus anti-horários da primeira força e tem uma intensidade de 7 newtons. A terceira força atua a 90 graus anti-horários da segunda força e tem uma intensidade de 5 newtons. A quarta força atua a 123 graus anti-horários da terceira força e tem uma intensidade de 6 newtons. Determina a intensidade da força resultante que atua na partícula.

Q21:

Suponha que um corpo tem uma força de 3 lb a atuar nele para a esquerda, uma de 4 lb a atuar nele para cima e uma de 2 lb a atuar a 3 0 da horizontal. Qual a força necessária para produzir um estado de equilíbrio no corpo? Determine a sua direção.

  • A 5,158 N, 1 6 5 , 7 7 sudeste
  • B 5,158 N, 1 0 4 , 2 3 sudeste
  • C 6,884 N, 2 8 4 , 2 3 sudeste
  • D 5,158 N, 7 5 , 7 7 sudeste
  • E 6,884 N, 1 6 5 , 7 7 sudeste

Q22:

Um corpo tem três forças, em newtons, a atuar nele em ângulos de 1 3 5 , 0 e 1 5 0 como se mostra na figura. Qual é a intensidade da resultante das forças em newton? Considerando o sentido anti horário como positivo, qual é o ângulo de inclinação da força de reação à horizontal? Apresente as respostas com uma casa decimal.

  • A 19,4 N, 5 1 , 7
  • B 19,4 N, 3 8 , 3
  • C 37,8 N, 2 1 8 , 3
  • D 19,4 N, 2 3 1 , 7
  • E 37,8 N, 2 1 2 , 2

A Nagwa usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais sobre nossa Política de privacidade.