A Nagwa usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais sobre nossa Política de privacidade.

Comece a praticar

Atividade: Movimento de Dois Corpos Ligados por uma Corda que Passa numa Roldana num Plano Inclinado

Q1:

Um corpo de massa 8,1 kg estava em repouso em um plano liso inclinado em um ângulo de 𝛼 com a horizontal onde t g 𝛼 = 4 3 . O corpo estava conectado ao final de uma corda passando por uma polia presa no topo do plano. No outro extremo da corda, um corpo pesando 26,9 kg estava pendurado livremente. O sistema foi liberado do descanso e começou a se mover, e 2 segundos mais tarde, a corda se partiu. Encontre a distância em que o corpo subiu no plano depois que a corda se quebrou e antes que ele parasse momentaneamente. Assuma 𝑔 = 9 , 8 / m s 2 .

Q2:

Um corpo de massa 𝑚 kg está e repouso num plano inclinado a 6 0 da horizontal. O corpo está preso por uma corda leve inextensível que passa por uma roldana, fixada no topo do declive, a outro corpo de massa 4 kg que está num plano horizontal rugoso. Quando 𝑚 = 1 2 k g , o sistema está em equilíbrio precário e a ponto de se mover. Se 𝑚 = 1 7 k g , determine a distância vertical que este corpo descerá à medida que desliza o declive por um período de 6 segundos. Considere 𝑔 = 9 , 8 / m s .

  • A 2 1 2 m
  • B 2 1 3 m
  • C 21 m
  • D 6 3 2 m

Q3:

Um corpo de massa 20 g estava em repouso num plano inclinado rugoso a 3 0 da horizontal. O corpo estava ligado a uma extremidade de uma corpo que passava por uma roldana fixada no topo do plano. Na outra extremidade da corda, um corpo que pesava 50 g estava pendurado livremente. Sabendo que o coeficiente de atrito é 5 3 9 , determine o tempo 𝑡 demorado para o primeiro corpo se mover uma distância de 3,2 m no plano e a sua velocidade 𝑣 após mover-se essa distância. Considere 𝑔 = 9 , 8 / m s .

  • A 𝑡 = 4 3 7 s , 𝑣 = 2 8 3 1 5 / m s
  • B 𝑡 = 4 0 6 7 s , 𝑣 = 1 4 6 7 5 / m s
  • C 𝑡 = 4 0 3 7 s , 𝑣 = 1 4 3 7 5 / m s
  • D 𝑡 = 4 6 7 s , 𝑣 = 2 8 6 1 5 / m s

Q4:

Uma massa de 351 g, repousando sobre um plano inclinado, foi conectada por uma corda inextensível a outra massa de 221 g repousando em um plano inclinado liso. Os ângulos de inclinação dos dois planos foram 𝜃 e 𝛼 respectivamente, onde s e n 𝜃 = 4 5 e s e n 𝛼 = 3 5 . A corda de conexão passava por uma polia lisa, fixada no ápice dos dois planos. Dado que a primeira massa estava no ponto de descer o plano, determine o coeficiente de atrito entre este corpo e o plano rugoso. Assuma 𝑔 = 9 , 8 / m s .

  • A 1 9 5 4
  • B 8 2 7
  • C 1 6 2 7
  • D 1 9 2 7

Q5:

Dois corpos 𝐴 e 𝐵 de massas 1,8 kg e 3,6 kg, respectivamente, são conectados uns aos outros por um fio leve e colocados em um plano liso inclinado para a horizontal em um ângulo cujo seno é 1 1 1 4 . O corpo 𝐵 é conectado por uma corda leve passando sobre uma polia lisa fixada no topo do plano por um terceiro corpo de massa 2,7 kg. O sistema foi liberado do repouso e começou a se mover. Determine a tensão 𝑇 na corda que conecta os corpos 𝐴 e 𝐵 no plano, e encontre a força 𝑃 exercida na polia. Assuma 𝑔 = 9 , 8 / m s 2 .

  • A 𝑇 = 2 1 2 N , 𝑃 = 1 5 7 2 N
  • B 𝑇 = 6 3 2 N , 𝑃 = 1 5 7 2 N
  • C 𝑇 = 6 3 2 N , 𝑃 = 4 5 7 2 N
  • D 𝑇 = 2 1 2 N , 𝑃 = 4 5 7 2 N

Q6:

Dois corpos de massas 84 g e 116 g estão ligados às extremidades de uma corda leve inextensível passando por uma polia lisa. O primeiro corpo está em um plano horizontal áspero, e o segundo em um plano áspero inclinado em um ângulo de 3 0 com a horizontal. A polia é presa à linha de interseção dos dois planos, de modo que as seções da corda de cada lado da polia são perpendiculares a essa linha. O coeficiente de atrito entre o primeiro corpo e o plano horizontal é 1 1 0 , e, entre o segundo corpo e o plano inclinado, é 3 7 . Determine a magnitude da tensão na corda. Assuma 𝑔 = 9 , 8 / m s 2 .

Q7:

Um corpo de massa 411 g está em repouso num plano rugoso inclinado em relação à horizontal um ângulo cuja tangente é 3 4 . O corpo está ligado, por uma corda inextensível que passa por uma roldana fixada no topo do plano, a um balde de massa 69 g pendurado por baixo da roldana. Se o coeficiente de atrito entre o corpo e o plano é 1 1 0 , determine a menor massa 𝑚 que deve ser adicionada ao balde para que o sistema permaneça em repouso. Considere 𝑔 = 9 , 8 / m s 2 .

Q8:

Um corpo de massa 400 g está em repouso num plano inclinado em relação à horizontal num ângulo cuja tangente é 4 3 . O corpo está ligado, por uma corda leve inextensível que passa por uma roldana fixada no topo do plano, a uma massa de 𝑘 g pendurada verticalmente abaixo da roldana. Sabendo que o menor valor de 𝑘 necessário para manter o corpo em repouso é 146 g, determine o coeficiente entre o corpo e o plano. Considere a aceleração gravítica 𝑔 = 9 , 8 / m s .

Q9:

Dois corpos de massa 58 g e 124 g estão presos às extremidades de uma corda leve inextensível que passa por uma roldana. O primeiro corpo está num plano horizontal rugoso e o segundo corpo está num plano rugoso inclinado num ângulo de 3 0 da horizontal. A roldana está presa à reta de interseção dos dois planos tal que as secções da corda em cada lado da roldana são perpendiculares a essa reta. O coeficiente de atrito do primeiro corpo e o plano horizontal é 1 2 e entre o segundo corpo e o plano inclinado é 3 8 . Sabendo que a corda se partiu 4 s após os corpos iniciarem o seu movimento, determine a distância percorrida pelo corpo no plano horizontal antes de alcançar o estado de repouso. Considere a aceleração gravítica 𝑔 = 9 , 8 / m s .

Q10:

Dois corpos de massas iguais a 7,4 kg estão conectados por uma corda inelástica leve. Um dos corpos repousa sobre um plano liso inclinado a 6 0 com a horizontal. A corda passa sobre uma polia lisa fixada no topo do plano, e o outro corpo fica pendurado livremente na vertical abaixo da polia. Encontre a força atuando na polia, dado que a aceleração devido à gravidade é 𝑔 = 9 , 8 / m s 2 .

Q11:

Um corpo de massa 387 g está em repouso num plano rugoso inclinado em relação à horizontal num ângulo cuja tangente é 4 3 . Este está ligado, por uma corda leve inextensível que passa por uma roldana fixada no topo do plano, a outro corpo de massa 396 g pendurado abaixo da roldana. O coeficiente de atrito entre o primeiro corpo e o plano é 2 9 . Determine a distância percorrida pelo sistema nos primeiros 3 segundos do seu movimento, sabendo que os corpos foram largados do repouso. Considere 𝑔 = 9 , 8 / m s .

Q12:

Um corpo de massa 20 g está em repouso num pano horizontal liso. Está ligado, por uma corda leve inextensível que passa por uma roldana fixada à borda do plano, a outro corpo de massa 180 g em repouso num plano rugoso inclinado a um ângulo de 3 0 da horizontal. Os dois planos intersetam-se no ponto em que a roldana está fixada. O coeficiente de atrito entre o primeiro corpo e o plano horizontal é 9 1 0 e entre o segundo corpo e o plano inclinado é 3 5 . Determine a aceleração do sistema. Considere 𝑔 = 9 , 8 / m s .

Q13:

Um corpo de massa 16 kg repousa sobre um plano liso inclinado a 6 5 com a horizontal. Ele é conectado, por uma corda leve inextensível, passando por uma polia lisa fixada no topo do plano, a outro corpo de mesma massa, pendendo livremente na vertical abaixo da roldana. Dado que a aceleração devido à gravidade é 𝑔 = 9 , 8 / m s 2 , determine a tensão na corda.

Q14:

Um corpo de massa 5 kg está em repouso num plano liso inclinado num ângulo de 3 5 da horizontal. Está ligado, por uma corda inextensível que passa por uma roldana fixada no topo do plano, a outro corpo de massa 19 kg pendurado por baixo da roldana. Dado que a aceleração gravítica é 𝑔 = 9 , 8 / m s 2 , determine a aceleração do sistema.

Q15:

Um corpo de massa 222 g repousa sobre um plano áspero inclinado com a horizontal em um ângulo cuja tangente é 4 3 . O corpo é conectado por uma corda leve inextensível passando por uma polia lisa, fixada no topo do plano, até um corpo de massa 310 g pendurado livremente na vertical abaixo da polia. Dado que o coeficiente de atrito entre o corpo e o plano é 1 6 , encontre a aceleração do sistema. Assuma a aceleração devido à gravidade 𝑔 = 9 , 8 / m s 2 .