Lição de casa da aula: A Lei do Gás Ideal em Termos de Número de Mols Física

Nesta atividade, nós vamos praticar a calcular a relação entre o número de mols em um gás ideal e os valores de suas propriedades de volume.

Q1:

Uma nuvem de gás tem uma pressão de 220 kPa e uma temperatura de 440 K. O gás contém 8,2 mols de uma partícula com uma massa molar de 10,5 g/mol. Determine o volume da nuvem. Utilize 8,31 m2⋅kg/s2⋅K⋅mol para o valor da constante universal dos gases ideais. Apresente a resposta com três algarismos significativos.

Q2:

Um gás que consiste em 25,6 mols de carbono preenche um volume de 0,128 m3 e tem uma pressão de 135 kPa. Determine a temperatura do gás. Utilize o valor de 12,0107 g/mol para a massa molar do carbono e 8,31 m2⋅kg/s2⋅K⋅mol para o valor da constante universal dos gases ideais. Apresente a resposta com três algarismos significativos.

Q3:

Um cilindro de gás com um volume de 0,245 m3 contém um gás a uma temperatura de 350 K e uma pressão de 120 kPa. Encontre o número de mols das partículas de gás no cilindro. Use 8,31 m2⋅kg/s2⋅K⋅mol para o valor da constante molar do gás. Responda para três algarismos significativos.

Q4:

Um contentor de volume 0,225 m3 contém 2,24 mols de oxigénio gasoso a uma temperatura de 320 K. Determine a pressão no interior das superfícies do contentor. Utilize o valor de 8,31 m2⋅kg/s2⋅K⋅mol para a constante molar do gás. Responda em quilopascais com três algarismos significativos.

A Nagwa usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais sobre nossa Política de privacidade.