Atividade: Congruência de triângulos: Critérios LLL e LAL

Nesta atividade, nós vamos praticar a provar que dois triângulos são congruentes utilizando o critério LLL ou o LAL.

Q1:

Determina se os triângulos representados na figura são congruentes, e, se o forem, indica o critério de congruência que o prova.

  • Acongruentes, ASA
  • Bcongruentes, SAS
  • Ccongruentes, SSS
  • Dnão são congruentes

Q2:

Dois triângulos compartilham dois lados e um ângulo entre os lados. Os dois triângulos seriam congruentes?

  • A não
  • B sim

Q3:

Determina se os triângulos na figura apresentada são congruentes por aplicação de LLL, LAL e ALA. Se forem congruentes, indica o critério de congruência que o prova.

  • A sim, ALA
  • B sim, LAL
  • C não
  • D sim, LLL

Q4:

Podes utilizar o critério SAS para provar que os triângulos na figura apresentada são congruentes? Por favor, indica uma razão.

  • A sim, porque há dois pares de lados correspondentes com medidas iguais e um par de ângulos iguais
  • B não, porque o ângulo deve estar entre os dois lados conhecidos

Q5:

Que critério de congruência pode ser utilizado para provar que os dois triângulos na figura apresentada são congruentes?

  • A LLL
  • B ALA
  • C LAL

Q6:

No quadrilátero apresentado, 𝐴𝐹 e 𝐵𝐹 têm a mesma amplitude, assim como 𝐸𝐹 e 𝐶𝐹 têm a mesma medida.

Que ângulo tem a mesma medida de 𝐴̂𝐹𝐸?

  • A 𝐹 ̂ 𝐴 𝐸
  • B 𝐴 ̂ 𝐸 𝐹
  • C 𝐴 ̂ 𝐹 𝐵
  • D 𝐸 ̂ 𝐹 𝐶
  • E 𝐵 ̂ 𝐹 𝐶

Assim sendo, os triângulos 𝐴𝐹𝐸 e 𝐵𝐹𝐶 são congruentes? Se sim, indica o critério de congruência que o prova.

  • Asim, LLL
  • Bsim, ALA
  • Csim, LAL
  • Dnão

Q7:

Indique se os polígonos são congruentes ou não congruentes.

  • ACongruentes
  • BNão congruentes

Q8:

Qual das seguintes afirmações será verdadeira para dois triângulos que sejam congruentes?

  • AExistirá apenas reflexões que poderão ser utilizadas para transformar um triângulo no outro.
  • BExistirá sempre uma combinação de translações, reflexões e rotações que poderão ser utilizadas para transformar um triângulo no outro.
  • CExistirá apenas translações que poderão ser utilizadas para transformar um triângulo no outro.
  • DExistirá apenas rotações que poderão ser utilizadas para transformar um triângulo no outro.
  • EExistirá sempre uma combinações de translações, reflexões e dilatações que poderão ser utilizadas para transformar um triângulo no outro.

Q9:

Na figura apresentada, o triângulo 𝐴𝐵𝐶 e o triângulo 𝐵𝐶𝐷 tem dois lados iguais e têm um ângulo em comum. Os triângulos 𝐴𝐵𝐶 e 𝐵𝐶𝐷 são congruentes

  • A sim
  • B não

Q10:

Determina se os triângulos na figura apresentada são congruentes, e, se o forem, indica o critério de congruência que o prova.

  • Acongruentes, ASA
  • Bcongruentes, SSS
  • Ccongruentes, SAS
  • Dnão são congruentes

Q11:

Que critério de congruência pode ser utilizado para provar que os dois triângulos representados na figura são congruentes?

  • A 𝐿 𝐴 𝐿
  • B 𝐿 𝐿 𝐿
  • C 𝐴 𝐿 𝐴

Q12:

Sendo 𝐸 o ponto médio de 𝐴𝐶 na figura apresentada, sem referir ângulos, que critério de congruência poderia provar que os triângulos 𝐴𝐵𝐸 e 𝐶𝐵𝐸 são congruentes?

  • A ALA
  • B LLL
  • C LAL

Q13:

Na figura estão representados os triângulos 𝐴𝐵𝐶 e 𝐷𝐸𝐹.

Os dois triângulos são congruentes?

  • Asim
  • Bnão

Justifica a resposta com uma das seguintes razões.

  • AO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser transladado para o triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.
  • BNão existe uma sequência de translações, reflexões ou rotações que transforme o triângulo 𝐴𝐵𝐶 no triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os dois triângulos não podem ser congruentes.
  • CO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser rodado para o triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.
  • DO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser refletido para o triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.

Q14:

A figura apresenta os triângulos 𝐴𝐵𝐶 e 𝐷𝐸𝐹.

Os dois triângulos são congruentes?

  • Anão
  • Bsim

Justifica a resposta com uma das seguintes razões.

  • ANão existe uma sequência de translações, reflexões ou rotações que transforme o triângulo 𝐴𝐵𝐶 no triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os dois triângulos não são congruentes.
  • BO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser transladado para o triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.
  • CO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser rodado para o 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.
  • DO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser refletido no triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.

Q15:

A figura mostra os triângulos 𝐴𝐵𝐶 e 𝐷𝐸𝐹.

Os dois triângulos são congruentes?

  • Anão
  • Bsim

Justifique sua resposta com um dos seguintes motivos.

  • ATriângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser refletido no triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, assim, os triângulos são congruentes.
  • BNão há seqüência de translações, reflexões ou rotações que possam mapear o triângulo 𝐴𝐵𝐶 para o triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os dois triângulos não podem ser congruentes.
  • CTriângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser rotacionado no triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, assim, os triângulos são congruentes.
  • DTriângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser transladado para o triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, assim, os triângulos são congruentes.

Q16:

A partir da figura seguinte, o que pode ser concluido sobre a possibilidade do critério de congruência Lado-Lado-Ângulo (LLA)?

  • A LLA é um critério que funciona às vezes.
  • B LLA não é um critério de congruência válido.
  • C Nada pode ser concluido.
  • D LLA é um critério de congruência válido.

Q17:

Na figura estão representados os triângulos 𝐴𝐵𝐶 e 𝐷𝐸𝐹.

Os dois triângulos são congruentes?

  • Anão
  • Bsim

Justifica a resposta com uma das seguintes razões.

  • AO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser transladado para o triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.
  • BNão existe uma sequência de translações, reflexões ou rotações que transforme o triângulo 𝐴𝐵𝐶 no triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os dois triângulos não podem ser congruentes.
  • CO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser rodado para o triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.
  • DO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser refletido no triângulo 𝐷𝐸𝐹 e, portanto, os triângulos são congruentes.

Q18:

Na figura estão representados os triângulos 𝐴𝐵𝐶 e 𝐷𝐸𝐹.

Os dois triângulos são congruentes?

  • Asim
  • Bnão

Justifica a resposta com uma das seguintes razões.

  • AO triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser rodado para se obter o triângulo 𝐹𝐸𝐷 e, portanto, os triângulos são congruentes.
  • BNão existe uma sequência de translações, reflexões ou rotações que transforme o triângulo 𝐴𝐵𝐶 no triângulo 𝐹𝐸𝐷 e, portanto, os dois triângulos não podem ser congruentes.
  • CPodemos aplicar transformações em duas fases no triângulo 𝐴𝐵𝐶 envolvendo uma translação seguida de uma rotação para obter o triângulo 𝐹𝐸𝐷 e, portanto, os triângulos são congruentes.
  • DPodemos aplicar uma transformação em duas fases no triângulo 𝐴𝐵𝐶 envolvendo uma reflexão e depois uma translação para obter o triângulo 𝐹𝐸𝐷 e, portanto, os triângulos são congruentes.

Q19:

Os dois triângulos na figura dada têm dois lados e o ângulo entre eles iguais. O triângulo 𝐴𝐵𝐶 pode ser transformado no triângulo 𝐷𝐸𝐹 por uma reflexão na reta 𝐺𝐻. Os dois triângulos são congruentes?

  • A não
  • B sim

Q20:

Desenhe um triângulo 𝑋𝑌𝑍 que é retângulo em 𝑌 e tem 𝑋𝑌=𝑌𝑍=4. Bissetriz [𝑋𝑍] em 𝐿 e desenhe [𝑌𝐿]. Encontre 𝑋̂𝐿𝑌.

  • A 4 5
  • B 6 0
  • C 3 0
  • D 9 0

Q21:

Complete a frase: Estes polígonos são .

  • ACongruentes
  • BSemelhante mas não congruente
  • CNem semelhante nem congruente

Q22:

Os dois triângulos na figura dada têm lados iguais. Os dois triângulos são congruentes?

  • A não
  • B sim

Q23:

A diagonal do retângulo divide a sua superfície em dois triângulos .

  • A diferentes
  • B congruentes

Q24:

Indique se os polígonos são congruentes ou não congruentes.

  • ACongruentes
  • BNão congruentes

A Nagwa usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais sobre nossa Política de privacidade.