O portal foi desativado. Entre em contato com o administrador do portal.

Vídeo da aula: Comparando Grupos de Objetos: Mais Do Que Matemática • Jardim de Infância or can be Pré-Escola

Neste vídeo, vamos aprender como comparar dois grupos de até 5 objetos para ver qual deles tem mais objetos utilizando uma estratégia de correspondência.

10:11

Transcrição do vídeo

Comparando Grupos de Objetos: Mais Do Que

Neste vídeo, aprenderemos como comparar dois grupos de até cinco objetos para ver qual deles tem mais objetos. E a maneira como faremos isto é utilizar uma estratégia de correspondência. Nesta imagem, podemos ver alguns monstros. Temos um grupo de monstros laranja e um grupo de monstros verdes com um olho. Mas que tipo de monstro temos mais, os monstros laranja ou os monstros verdes?

Para encontrar a resposta, precisamos de comparar os grupos. E utilizaremos palavras como “mais” ao longo deste vídeo. Duas palavras mais úteis são “maior” — poderíamos dizer que um grupo é maior do que outro grupo — e outra palavra útil que utilizaremos é “maior”. Todas estas palavras significam aproximadamente a mesma coisa. Portanto, como podemos descobrir qual é o grupo de monstros maior?

Bem, podemos ver na figura que os monstros em cada linha estão igualmente espaçados. Isso significa que podemos fazê-los corresponder, um monstro laranja com um monstro verde e assim por diante. Vamos contar em voz alta enquanto fazemos isto. Um, dois, três, quatro. Definitivamente, podemos combinar quatro pares de monstros. Mas ainda temos alguns monstros verdes. Não há monstros laranja suficientes para corresponder com estes. Então, o que é que isto nos diz sobre os grupos? Podemos dizer que existem mais monstros verdes do que monstros laranja. O grupo de monstros verdes é maior.

Nesta imagem, temos mais dois grupos de monstros. Existem alguns monstros cor de rosa e um grupo de monstros azuis. Mas vamos comparar a dimensão de cada grupo. Existem mais monstros cor de rosa ou azuis? Infelizmente, desta vez, podemos ver que os monstros não estão organizados em duas linhas. Agora, eles parecem amigáveis, pelo que podemos educadamente pedir que se alinhem com espaçamentos iguais. Mas existe outra maneira de determinar a resposta utilizando correspondência?

Bem, quando temos uma imagem de objetos como este e não podemos movê-los, podemos utilizar equipamentos de matemática para ajudar. Para começar, vamos colocar um contador rosa ao lado de cada um dos monstros rosa, um contador para um monstro. Aqui vamos nós. Agora podemos mover os nossos contadores e formar uma linha destes. Vamos contar enquanto o fazemos. Existem um, dois, três, quatro marcadores cor de rosa. E isto dá quatro monstros cor de rosa.

Vamos fazer o mesmo com o grupo de monstros azuis, um contador azul para cada monstro. Agora vamos fazer uma linha destes. Faremos correspondência com os nossos contadores cor de rosa, um de cada vez. Um, dois, três, quatro. Agora, combinamos todos os contadores cor de rosa com os contadores azuis, mas ainda temos outro contador azul, cinco.

Agora, se compararmos as nossas duas linhas de contadores, podemos ver que a nossa linha de contadores azuis é maior que a nossa linha de contadores cor de rosa. Isso diz-nos que existem mais monstros azuis do que monstros cor de rosa. Há um número maior de monstros azuis. É um grupo maior.

Agora vamos utilizar esta estratégia de correspondência e algumas destas palavras para comparar outros grupos de objetos.

Existem mais baquetas do que tambores?

Na imagem, podemos ver uma fileira de baquetas. E, por cima delas, há uma fila de tambores. A nossa questão pede-nos para comparar estes dois grupos de objetos. Existem mais baquetas do que tambores? Podemos ver que da maneira que os objetos foram espaçados, podemos combinar cada baqueta com um tambor. Um, dois, três. Mas não podemos corresponder a nossa última baqueta. Não há tambores suficientes. Esta baqueta fica a sobrar depois de combinarmos as baquetas com os tambores. E, portanto, podemos dizer que há mais baquetas do que tambores. A resposta para a nossa questão é sim.

Existem mais bolas ou mais raquetes?

Na imagem, podemos ver uma fileira de bolas de ténis. E, por cima delas, há uma fileira de raquetes de ténis. A questão pede-nos para comparar estes dois grupos de objetos. Qual é maior? Existem mais bolas ou mais raquetes? Às vezes, quando os objetos são organizados em linha, podemos comparar as linhas e ver qual é a mais comprida. Se fizermos isto, podemos ver que a linha de raquetes de ténis é maior que a linha de bolas. Isso significa que existem mais raquetes?

Bem, não, não porque uma raquete de ténis é maior do que uma bola de ténis. E a maneira como as nossas linhas de objetos foram organizadas não estão igualmente espaçadas. Mas sabes que podemos ainda comparar os grupos fazendo corresponder cada bola com uma raquete. Um, dois, três. Mas não temos raquetes para corresponder com a última bola. Isso significa que deve haver mais bolas do que raquetes. O grupo de bolas é maior que o grupo de raquetes. Então, há mais bolas ou mais raquetes? Há mais bolas.

A Jennifer tem duas bolsas de berlindes. Qual das bolsas tem mais berlindes do que a outra?

Na imagem, podemos ver as duas bolsas de berlindes que a Jennifer tem. Elas estão identificadas com A e B. Precisamos de comparar a bolsa A com a bolsa B, porque perguntam-nos qual é a bolsa que tem mais berlindes do que a outra. Qual é a bolsa contém um grupo maior de berlindes?

Agora, da maneira como estas bolinhas foram desenhadas, pode ser bem difícil correspondê-las. Vamos utilizar contadores para nos ajudar. Primeiro, contaremos os berlindes na bolsa A. E utilizaremos um contador para cada berlinde que contamos. Um, dois, três, quatro, cinco. Existem cinco berlindes na bolsa A. E a bolsa B? Há um, dois, três berlindes na bolsa B.

Agora podemos comparar as duas alturas das torres de contadores que fizemos. A torre A é mais alta que a torre B. Portanto, sabemos que deve haver mais contadores nela. E também sabemos que deve haver mais berlindes na bolsa A do que na bolsa B. E assim, das duas bolsas de berlindes da Jennifer, a bolsa que tem mais berlindes do que a outra é a bolsa A.

Completa o seguinte. O que há em número maior do que cães?

Mostram-nos uma imagem que mostra três grupos de animais, todos desordenados. Temos um grupo de gatos, um grupo de cães e um grupo de patos. E a questão pede-nos para comparar estes grupos. Precisamos de completar a frase. O que há em número maior do que cães? Portanto, para determinar a resposta, precisamos de comparar o número de gatos com o de cães e também o número de patos com o de cães.

Um destes grupos de animais será maior que o grupo de cães. Mas qual deles é? Agora, esta é uma imagem de gatos, cães e patos, e não podemos movê-los e colocá-los em fila para compará-los ou fazê-los corresponder. Mas o que poderíamos fazer é utilizar equipamentos de matemática para nos ajudar.

Primeiro, vamos modelar o número de cães que existe utilizando cubos. Podemos começar por colocar um cubo ao lado de cada cão, um cubo para um cão. Agora vamos juntar todos os nossos cubos e contá-los enquanto o fazemos. Um, dois, três. Existem três cães. Agora vamos comparar os patos com os cães. Existem mais patos do que cães? Primeiro, podemos combinar um cubo com um pato. Agora vamos contar. Um, dois. Existem dois patos na imagem.

Agora, se compararmos as nossas duas linhas de cubos, podemos ver que há mais cães do que patos. Então, podemos dizer que existem mais patos do que cães? Não, não podemos. Vamos tentar os gatos, um cubo para cada gato para nos ajudar a modelar quantos existem. Agora vamos contar. Um, dois, três, quatro. Existem quatro gatos.

Vamos comparar o número de gatos com cães. Podemos dizer que existem mais gatos do que cães? Sim, podemos. Podemos ver que a linha de cubos que fizemos é mais longa para os gatos do que para os cães. E também podemos ver isto na imagem. Se combinarmos um gato com um cão, sobra-nos um gato extra. Existem mais gatos do que cães.

Então, o que aprendemos neste vídeo? Primeiro, aprendemos a comparar grupos de objetos. E a maneira como o fizemos foi utilizando a estratégia de correspondência. Fazemos corresponder os objetos para ver se sobra algum. Em segundo lugar, utilizámos palavras como “mais” e “maior” para dizer qual dos grupos tem mais objetos.

A Nagwa usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais sobre nossa Política de privacidade.