Aula: Par de Forças Resultantes

Nesta aula, nós vamos aprender como encontrar a resultante de duas ou mais pares de forças.

Atividade: 24 Questões

Q1:

𝐴 𝐵 𝐶 é uma lâmina na forma de um triângulo isósceles, onde 𝐴 𝐵 = 𝐴 𝐶 = 1 3 c m e 𝐵 𝐶 = 1 0 c m . Ela gira livremente em um plano vertical em torno de uma dobradiça fixa em 𝐴 . Um par de forças com momento de magnitude 67 N⋅cm age na lâmina para mantê-la em equilíbrio com [ 𝐴 𝐵 ] vertical. Encontre o peso da lâmina, uma vez que atua no ponto de intersecção das suas medianas.

Q2:

𝐴 𝐵 𝐶 é uma lâmina triangular de ângulo reto, com o ângulo reto em 𝐵 . Comprimento 𝐴 𝐵 = 2 7 c m , comprimento 𝐵 𝐶 = 2 2 c m , e seu peso é 48 N. O peso da lâmina está atuando no ponto de intersecção de suas medianas (linhas desenhadas de cada vértice até o ponto médio do lado oposto), e a lâmina é suspensa do vértice 𝐶 , onde seu plano é vertical. Determine a magnitude do momento do par de forças que seguraria 𝐵 𝐶 na posição vertical.

Q3:

𝐴 𝐵 𝐶 𝐷 é um retângulo, onde 𝐴 𝐵 = 8 c m e 𝐵 𝐶 = 6 c m . Se forças de magnitudes 35, 9, 35, e 9 newtons estão agindo ao longo de 𝐵 𝐴 , 𝐵 𝐶 , 𝐷 𝐶 , e 𝐷 𝐴 , respectivamente, determine seu momento 𝑀 . Além disso, para o sistema estar em equilíbrio, outras duas forças, cada uma de magnitude 𝐹 , são obrigadas a atuar em 𝐴 e 𝐶 , onde suas linhas de ação são perpendiculares 𝐴 𝐶 . Determine o valor de 𝐹 e o sentido de rotação do par de forças formado.

Visualizar baixar

A Nagwa usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais sobre nossa Política de privacidade.