Aula: Campos Elétricos Induzidos

Física

Nesta aula, nós vamos aprender como utilizar a lei de Faraday para calcular os campos magnético e elétrico produzidos por indução eletromagnética.

Atividade

Q1:

Uma bobina de 50 voltas com um diâmetro de 15 cm é colocada em um campo magnético espacialmente uniforme de magnitude 0,50 T. A face da bobina e o campo magnético são perpendiculares entre si. Suponha que o campo magnético seja cilindricamente simétrico em relação ao eixo central da bobina. Calcule a magnitude do campo elétrico induzido se o campo magnético for reduzido a zero em 0,10 segundos.

Q2:

Numa região de raio 𝑅, existe um campo magnético uniforme 𝐵 (apresentado na figura). Em 𝑡=0, ||𝐵||=1,0T, após o qual 𝐵 decresce para 0 T em 30 segundos a uma taxa constante. Os protões podem mover-se na região do campo magnético. A carga de um protão é de 1,60×10 C.

Se 𝑅=10,0cm, quanto trabalho é realizado pelo campo elétrico induzido na região de um protão que se move uma vez numa trajetória circular em sentido horário de raio 5,0 cm?

Num instante quando ||𝐵||=0,50T, um protão entra no campo magnético a 𝐴, movendo-se a 5,0×10 m/s. Qual é a intensidade da força do campo magnético no protão nesse instante?

Num instante quando ||𝐵||=0,50T, um protão entra no campo magnético em 𝐴, movendo-se a 5,0×10 m/s. Qual é a intensidade da força elétrica no protão nesse instante?

Q3:

A corrente em um longo solenoide de raio 3,0 cm varia com o tempo a uma taxa de 2,0 A/s. Uma volta circular de fio com um raio de 5,0 cm e uma resistência de 2,0 Ω envolve o solenoide. Encontre a corrente induzida na volta.

A Nagwa usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais sobre nossa Política de privacidade.